Lula critica uso de Michelle em propaganda de Bolsonaro

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 30.08.2022 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). (Foto: Marlene Bergamo/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 30.08.2022 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). (Foto: Marlene Bergamo/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) criticou o uso da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, em propaganda do atual chefe do Executivo.

Em entrevista à rádio Clube de Belém, do Pará, na manhã desta quarta-feira (31), Lula criticou inserção em que Michelle trata da transposição do rio São Francisco.

"Ontem no programa de TV dele, ele colocou a mulher para dizer que foi ele que levou água para o povo do Nordeste, para ajudar as mulheres pobres do Nordeste. Ele tem a desfaçatez de contar essa mentira sem nenhum critério de vergonha para o povo", disse Lula à Rádio Clube de Belém, do Pará.

Como a Folha de S.Paulo mostrou, a paternidade de transposição vem sendo disputada por Bolsonaro, que finalizou alguns trechos que estavam incompletos da obra e visitou o canal diversas vezes durante o seu mandato.

O atual presidente, contudo, assumiu o mandato com mais de 90% das obras do projeto concluídas pelos governos Lula, Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (MDB).

"88% da obra foi feita por mim e pela Dilma. O Temer fez 7,5% e o Bolsonaro fez menos que 5%. Ele vende a ideia como se fosse ele que tivesse levado", continuou o petista.