Lula cumprimenta um a um ministros do STF

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e seu vice, Geraldo Alckmin, se reuniram na tarde desta quarta-feira (9) com a presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Rosa Weber, e com ministros da corte, em Brasília.

A agenda do petista no Supremo foi acompanhada por quase todos os ministros do tribunal, inclusive os dois nomes indicados por Jair Bolsonaro (PL): Kassio Nunes Marques e André Mendonça. O único ministro ausente foi Luís Roberto Barroso, que participa da COP27 no Egito.

O ex-governador e senador eleito Flávio Dino (PSB-MA) disse que, na reunião, Lula declarou "enfaticamente" o desejo de paz entre os Poderes e convidou o STF a participar de debates na política ambiental e na pauta do desarmamento.

Segundo o ex-governador, que acompanhou a reunião, Lula também disse que o desarmamento é fundamental para a segurança pública do país. O presidente eleito ressaltou, porém, que os Poderes são independentes.

De acordo com Dino, também foi tema do encontro a preocupação com a defasagem educacional provocada pela pandemia e a situação da superlotação carcerária das prisões.

Lula também teve encontros nesta quarta com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG).