Lula da Silva vence Bolsonaro: "É hora de baixar as armas"

Lula da silva foi eleito presidente do Brasil depois de vencer a segunda volta das presidenciais com 50,9% dos votos. Jair Bolsonaro ficou nos 49,1%.

Lula da Silva está de regresso à cadeira da presidência, onze anos depois. O candidato do Partido Trabalhista foi chefe de Estado do Brasil entre 2003 e 2011 e acabou de ser eleito presidente nas presidenciais de 2022.

No discurso de vitória, Lula da Silva disse que "o Brasil está de volta", que o povo "não quer mais brigar" e que "é hora de baixar as armas".

Jair Bolsonaro chegou a estar à frente na corrida, durante a contagem dos votos. Mas depois da contagem de 60% das secções, Lula da Silva recuperou a liderança e não mais a largou.

Lula da Silva e o "vice" Geraldo Alckmin foram declarados vencedores destas presidenciais com mais de dois milhões de votos de diferença (1,8%) em relação à "chapa" Bolsonaro-general Braga Netto.

AP Photo/Marcelo Chello
Antiga presidente Dilma Rousseff esteve ao lado de Lula da Silva na festa - AP Photo/Marcelo Chello

No fim da noite, do lado de Bolsonaro, houve silêncio. O ex-presidente do Brasil não apareceu em público, nem para o habitual discurso de derrota.

Alguns apoiantes, citados pelo portal G1, dizem ter sido informados pela assessoria do presidente cessante que ele teria ido dormir após ver confirmada a derrota.

Bolsonaro vence na maioria dos estados

Lula da Silva conquistou 13 estados brasileiros e Jair Bolsonaro conseguiu vencer em 14 estados.

Jair Bolsonaro conseguiu vencer no Rio de Janeiro e em São Paulo, mas Lula da Silva conquistou o estado de Minas Gerais. Ver aqui resultado por estado.