Lula dança em comunidade quilombola em Paraty e diz que foi à prisão para combater 'canalhice'

Lula dança em Quilombo - Foto: Reprodução/Facebook

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva publicou nesta quinta-feira (05) um video de sua visita a uma comunidade quilombola local de Paraty, no Rio de Janeiro. Nas imagens, o petista dançar e discursar aos presentes.

Solto há pouco menos de um mês, o petista tem rodado o país falando a seus apoiadores. Em Paraty, ele foi recebido por um dos líderes do local, usou chapéu e dançou entre os moradores do Quilombo do Campinho da Independência.

Leia também

Em sua fala, Lula voltou a dizer que pretende voltar a sua inocência. "Tomei uma decisão de provar que era mentira ficando no Brasil e indo me entregar na Polícia Federal. Eu poderia ter ido para outro país, uma embaixada, mas tomei uma decisão de ir para Curitiba, porque era preciso alguém enfrentar toda a quantidade de canalhice feita nesse país contra o PT, contra o Lula e contra tantas outras pessoas".

Ele negou ter se envolvido com corrupção e disse ser a favor da prisão de quem está envolvido em ilegalidades. “Ninguém é contra o combate à corrupção, tomou dinheiro, tem que ir para a cadeia. Mas tem que ir para cadeia quem for comprovado que roubou. E quem não for provado, seja inocentado."

Nesta quarta-feira (4), Lula teve outra notícia para comemorar. O juiz Marcus Vinicius Reis Bastos, da 12ª Vara Federal em Brasília, absolveu o ex-presidente e Dilma Rousseff. Além dos dois, os ex-ministros Antônio Palocci e Guido Mantega, além do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, na ação penal apelidada de "quadrilhão do PT".