Lula defende despolitização das Forças Armadas e revitalização da indústria de defesa

Presidente Luiz Inácio Lula da Silva

BRASÍLIA (Reuters) - Em processo de retomada das relações com as Forças Armadas, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que vai chamar os comandantes militares para discutir o fortalecimento das forças de defesa do país e a construção de uma forte indústria do setor no país.

Em entrevista à GloboNews, Lula afirmou que pretende chamar a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) para discutir a formação de uma indústria de defesa nacional.

O presidente disse ainda que todos os que participaram dos atos golpistas serão punidos, "não importa a patente", e que é preciso despolitizar as Forças Armadas, que são instituições de Estado, e não do presidente.

(Reportagem de Ricardo Brito e Lisandra Paraguassu)