Lula determina que Casa Civil liste ações prioritárias a serem entregues nos primeiros cem dias de governo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) determinou que cada ministro entregue à Casa Civil uma lista com sugestões de ações prioritárias para serem iniciadas nos primeiros cem dias de governo. O ministro-chefe da pasta, Rui Costa, afirmou que o objetivo é divulgá-las até o final do mês.

— Já a partir da terça-feira, nós da Casa Civil visitaremos cada ministério e recepcionaremos cada ministro e ministra para receber as sugestões de prioridade e das ações que podem e devem ser tratadas como meta dos cem dias de governo — afirmou Rui Costa em declaração à imprensa.

• Primeira reunião: Em recado dúbio, Lula diz que 'quem fizer errado será convidado a deixar governo', mas promete 'não deixar ninguém na estrada'

• Bastidores: Reunião ministerial tem participação de Janja e celulares do lado de fora

O levantamento apontará programas, ações e as obras que podem ser iniciadas imediatamente. Rui Costa afirmou ainda que o governo quer retomar obras inacabadas de creches e escolas e conclui-las no primeiro semestre.

— Iremos priorizar essas ações e, portanto, dar uma retomada de programas como o “Minha Casa, Minha Vida”, ações concretas da educação. Vamos hierarquizar pelo maior percentual de execução para o menor fazer entregas o mais rápido possível.

Ainda de acordo com o ministro, Lula visitará dois estados até o fim de janeiro para inaugurar ou dar início a ações do governo. Os locais e as agendas, no entanto, ainda não estão definidos. O presidente quer que essas viagens aconteçam antes da sua ida à Argentina, marcada para o dia 23 de janeiro.

— Já em janeiro ele quer fazer, antes da Argentina, duas viagens a estados para já inaugurar ou dar inicio a programas e compromisso seus, seja educacional, habitacional, em saúde.