Lula deve concentrar atividades políticas em Brasília a partir da próxima semana

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva deve concentrar as suas atividades políticas em Brasília a partir da metade da próxima semana. O petista retorna ao país no domingo, depois de participar da COP27 no Egito e de fazer uma visita a Portugal.

A expectativa em seu entorno é que Lula fique na maior parte do tempo até a posse, em 1º de janeiro, na capital federal, para fazer a montagem do governo com a escalação dos ministros. Ainda não foi definido se o petista se hospedará em um hotel ou se vai alugar uma casa.

Durante a transição de 2002, o então presidente Fernando Henrique ofereceu a Lula a possibilidade de ele se instalar na Granja do Torto, a casa de campo da Presidência da República. O presidente eleito, porém, optou por mudar para o local somente após o Natal daquele ano.

Agora, não houve por parte do presidente Jair Bolsonaro oferta de um local para Lula se instalar. O ministro da Economia, Paulo Guedes, mora na Granja do Torto.

Em Brasília, Lula ficará mais próximo das articulações do Congresso e das lideranças partidárias. A prioridade para o novo governo é aprovar a PEC da Transição, apresentada nesta semana.