Lula deve derrubar sigilo de cem anos de Bolsonaro em 1º dia de governo

Informação foi divulgada pelo ministro das Relações Institucionais, que não detalhou quais medidas serão revogadas

Brazil's President Luiz Inacio Lula da Silva reacts as he greets supporters from the motorcade after his swearing-in ceremony, in Brasilia, Brazil, January 1, 2023. REUTERS/Ueslei Marcelino     TPX IMAGES OF THE DAY
Lula durante sua cerimônia de posse, em 1° de janeiro de 2023. (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino) TPX IMAGES OF THE DAY

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deve derrubar, no primeiro dia de governo, o sigilo de cem anos imposto por Jair Bolsonaro (PL) a alguns assuntos. Esse será um entre dezenas de atos que Lula assinará neste domingo (1º) para revogar decisões do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

A informação foi dada pelo ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, ao UOL, mas ele não detalhou quais atos terão o sigilo revogado.

Padilha disse ao portal que a expectativa é de que o presidente possa fazer um "revogaço", o que pode incluir alterações nos decretos de armas de Bolsonaro, citado pelo presidente na cerimônia de posse. "Assina ainda hoje", reforçou o ministro ao UOL.

O sigilo imposto por Bolsonaro é referente a diferentes atos, a exemplo do processo disciplinar contra o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello e informações de acesso a informações do Palácio do Planalto, como a restrição que foi aplicada ao cartão de vacinação do agora ex-presidente.

Além da revogação do sigilo, o primeiro ato de Lula será a alteração da estrutura do governo, que agora conta com 37 ministérios.