Lula diz que povo brasileiro dará um 'golpe no fascismo' em outubro

Luiz Inácio Lula da Silva (Foto: AFP / EVARISTO SA)
Luiz Inácio Lula da Silva (Foto: AFP / EVARISTO SA)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou nesta quinta-feira (28) que o povo brasileiro dará um “golpe no fascismo” nas eleições deste ano. A declaração do petista foi feita durante encontro com lideranças do partido Rede Sustentabilidade, em Brasília.

Durante seu discurso, o ex-presidente criticou a gestão e as atitudes do presidente Jair Bolsonaro (PL), dizendo que seu principal adversário foi eleito “com base nas mentiras, no ódio, na provocação”. Para Lula, o atual chefe do Executivo não vai conseguir se reeleger assim.

“Não vai se reeleger. Bolsonaro vai dar golpe? Vai ter um golpe neste país. No dia 2 de outubro o povo brasileiro vai dar um golpe no fascismo e restabelecer a democracia“, falou.

Lula também abordou a situação econômica do país, como o aumento nos preços dos combustíveis e dos alimentos. Ele criticou Bolsonaro por não discutir temas importantes.

“Ele [Bolsonaro] não tem nenhum compromisso com a verdade, não tem interesse em responder nenhuma pergunta de nenhum jornalista, porque ele é obrigado a construir as mentiras dele e fazer as lives para a imprensa repercutir o tempo inteiro.”

A Rede Sustentabilidade anunciou oficialmente hoje o seu apoio à candidatura de Lula ao Planalto. O petista agradeceu a decisão dos colegas.

“Nesta eleição, estamos juntando todas as pessoas de esquerda e de bem do país para tirarmos da Presidência um cidadão que jamais deveria ter chegado lá, porque ele mente todo santo dia”, falou.

Lula disse ainda que Bolsonaro mente inclusive utilizando o nome de Deus em vão.

“Não é evangélico, não é católico, é um fariseu. É uma pessoa que se utiliza da boa-fé de milhões de brasileiros porque nós estávamos entorpecidos pela quantidade de mentiras e da negação da política.”

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos