Lula diz que pretende tornar permanente auxílio de R$600

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante entrevista à Reuters em São Paulo

BRASÍLIA (Reuters) - O ex-presidente e pré-candidato ao Palácio do Planalto Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou, em entrevista ao jornal Correio Braziliense publicada nesta terça-feira, que pretende tornar permanente o auxílio de 600 reais às famílias de baixa renda.

“Eu quero manter. O PT queria que o auxílio fosse de 600 reais já em 2020. Bolsonaro que fez uma coisa engraçada: criou uma série de benefícios em período eleitoral que duram até dezembro. Depois disso, vale a palavra do Bolsonaro, que não vale nada, como o mundo sabe, porque todo mundo sabe que ele é um mentiroso”, disse o ex-presidente.

Lula afirmou ainda que o PT irá votar a favor do pacote de benefícios sociais proposto pelo governo porque o partido não votará contra o aumento da ajuda para os mais pobres.

“Se essa verba chegar para o povo, o povo tem mais que pegar o dinheiro --o PT não vai ser contra auxílio-- e depois votar com sua consciência”, afirmou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos