Serviço Secreto dos EUA investiga pacote suspeito perto da Casa Branca

Washington, 28 mar (EFE).- O Serviço Secreto, a corporação encarregada de proteger o presidente dos Estados Unidos e sua família, informou nesta terça-feira que está investigando um "pacote suspeito" encontrado perto do complexo da Casa Branca.

Em seu perfil oficial no Twitter, o Serviço Secreto revelou essa descoberta e a investigação, sem oferecer mais detalhes, e acrescentou que foi ordenado o fechamento de algumas ruas nas proximidades da Casa Branca.

De acordo com alguns dos jornalistas que cobrem a Casa Branca e se encontram dentro do complexo, parte da ala norte da residência presidencial está sendo evacuada.

Concretamente, o correspondente da "NBC" Peter Alexander informou no Twitter sobre a presença de franco-atiradores fazendo buscas na região.

Em outro tweet posterior, o Serviço Secreto confirmou que foi estabelecido "um perímetro de segurança" e que os visitantes e jornalistas que estão dentro da residência presidencial estão sendo transferidos para "uma distância segura".

O presidente dos EUA, Donald Trump, se encontra neste momento na Casa Branca, onde tem prevista em breve uma reunião no salão Roosevelt com um grupo de policiais. EFE