Lula é ameaçado, e Justiça apreende celular de suspeito no interior de SP

Lula durante evento em SP em 26 de setembro, 2022 (Foto: NELSON ALMEIDA/AFP via Getty Images)
Lula durante evento em SP em 26 de setembro, 2022 (Foto: NELSON ALMEIDA/AFP via Getty Images)

A Justiça de São Paulo determinou a apreensão do celular de um morador de Catanduva, suspeito de ser o responsável por ameaças de morte feitas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nos dias 24 de março, 5 de abril e 7 de abril.

No mês de março, sob o pseudônimo de Luiz Carlos Prestes, uma pessoa mandou uma mensagem aos canais de comunicação do PT (Partido dos Trabalhadores) dizendo que o petista deveria desistir da eleição “porque a morte o ronda em sua campanha”, informou o jornalista Rogério Gentile, do portal UOL.

"E você vai ter a morte mais estúpida de todos aqueles que você mandou matar: Celso Daniel, Toninho do PT, Eduardo Campos, Teori Zavascki, Ricardo Boechat etc. Porque você vai ser morto por um militante do próprio partido, um companheiro. E, quando forem investigar a sua morte, verão a ficha dele, filiado em seu partido.”

De acordo com a investigação, no mês de abril, as ameaças foram enviadas por meio de um outro endereço de email: mendigocravador@gmail.com.

Ainda segundo o jornalista Rogério Gentile, o responsável afirmou que iria eliminar Lula, e disse que o crime aconteceria em São Paulo. Além disso, disse que poderia ser feito por meio de uma explosão, de uma facada ou de envenenamento.

Por conta da quebra do sigilo do e-mail, a polícia conseguiu o nome do suspeito. O homem já teria disputado eleições em Catanduva, concorrendo ao cargo de vereador.

Com a ordem da Justiça, a polícia agora vai buscar elementos que confirmem ou não ser ele o responsável pelas ameaças ao ex-presidente.

Veja as últimas pesquisas eleitorais para presidente:

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)