Lula é favorito entre beneficiários do Auxílio Brasil, mostra PoderData

Pesquisa PoderData mostrou Lula com 44% das intenções de voto no primeiro turno (Foto: NELSON ALMEIDA/AFP via Getty Images)
Pesquisa PoderData mostrou Lula com 44% das intenções de voto no primeiro turno (Foto: NELSON ALMEIDA/AFP via Getty Images)

Resumo da notícia

  • Lula é o favorito entre beneficiários do Auxílio Brasil

  • Entre os que recebem o auxílio, o petista tem 45%, enquanto Bolsonaro tem 28%

  • Programa teve nome mudado e valor aumentado para tentar estimular popularidade de Bolsonaro

A nova pesquisa PoderData, divulgada nesta quarta-feira (22), mostra que o ex-presidente Lula (PT) é o favorito entre os beneficiários do programa Auxílio Brasil. Segundo o levantamento, o petista tem 45% dos votos entre os que recebem o auxílio, enquanto Jair Bolsonaro (PL) tem 28%

O governo Bolsonaro trocou o nome do Bolsa Família para Auxílio Brasil e aumentou o valor do programa, uma estratégia para aumentar a popularidade do presidente da República. No entanto, Lula tem vantagem entre os beneficiários.

O levantamento foi feito entre os dias 19 e 21 de junho e, no total, foram ouvidas 3 mil pessoas, por meio de entrevistas por celulares ou telefones fixos. A margem de erro é de dois pontos percentuais. O registro no TSE é: BR-07003/2022.

Em relação à pesquisa anterior, feita entre 8 e 10 de maio, Lula caiu de 48% para 45%, oscilação dentro da margem de erro, e Bolsonaro, que tinha 29%, também caiu dentro da margem de erro.

Ciro Gomes (PDT), por outro lado, teve crescimento expressivo, de 3% para 9% entre os beneficiários do programa. Esse é o primeiro levantamento sem João Doria (PSDB), que desistiu da candidatura. André Janones (Avante) apareceu com 4%, Sofia Manzano (PCB) tem 2% e Vera Lúcia (PSTU), 1%; 4% disseram que votarão branco ou nulo e 8% ainda não sabem.

Entre os que recebem o Auxílio Brasil, Luciano Bivar (União Brasil), Felipe D’Ávila (Novo), Eymael (DC), Pablo Marçal (Pros), Leandro Péricles (UP) e Simone Tebet (MDB) não pontuaram.

Primeiro turno

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ampliou a vantagem em relação a Jair Bolsonaro (PL) em um possível segundo turno das eleições, segundo mostrou a nova pesquisa PoderData. Com 52% das intenções de voto, o petista fica 17 pontos percentuais à frente do adversário, que marcou 35%.

Em relação ao último levantamento PoderData, houve pouca variação nas intenções de votos para Lula, com 44%, e Bolsonaro, que marcou 34%. Na rodada do começo do mês de junho, as pontuações foram 43% e 35%, respectivamente.

Entre os outros candidatos, os resultados foram: 6% de intenção de votos para Ciro Gomes (PDT); 2% para André Janones (Avante); e 1% cada para Simone Tebet (MDB), Luciano Bivar (União Brasil) e José Maria Eymael (DC).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos