Lula encontrará 15 chefes de governo e de Estado e irá ao funeral de Pelé em seu primeiro dia de governo

Em seu primeiro dia como presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva fará uma série de encontros bilaterais no Itamaraty. Ao todo, estão previstas 15 reuniões de cerca de 30 minutos cada.

Leia mais: Como foram as posses de Lula e Bolsonaro? Compare em imagens

Sonar: Lula atualiza foto de perfil no Twitter para imagem com faixa presidencial

Lula ainda viajará para São Paulo para participar do velório do Pelé, que irá durar 24 horas — das 10h do dia 2 de janeiro até às 10h do dia 3, quando começará o cortejo com o corpo do Rei do Futebol pelas ruas de Santos. Não há, no entanto, confirmação sobre quando o presidente viajará.

O primeiro encontro bilateral será com o Rei Felipe VI da Espanha, às 9h30. Na sequência, o petista se encontrará com o presidente da Bolívia, Luis Arte Alberto Catacora. Lula deverá passar todo o dia, assim, na sede do Ministério das Relações Exteriores, sem previsão, em sua agenda, de ir ao Palácio do Planalto.

Lista completa das reuniões de Lula nesta segunda-feira

09h30 – Reunião com o Rei Felipe VI da Espanha

10h – Reunião com o presidente da Bolívia, Luis Arce Alberto Catacora

10h30 – Reunião com o presidente da República da Argentina, Alberto Ángel Fernández

11h – Reunião com o presidente da República do Equador, Guillermo Lasso

11h30 – Reunião com o presidente da República do Chile, Gabriel Boric Font

12h – Reunião com o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Souza

12h30 – Reunião com o presidente da República da Colômbia, Gustavo Petro

13h – Reunião com a presidenta da República de Honduras, Iris Xiomara Castro Sarmiento

14h30 – Reunião com o vice-presidente da República Popular da China, Wang Qishan

15h – Reunião com o presidente de Angola, João Manuel Gonçalves Lourenço

15h30 – Reunião com o primeiro-ministro da República do Mali, Choguel Kokalla Maiga

16h – Reunião com o presidente da República Democrática do Timor-Leste, José Ramos-Horta

16h30 – Reunião com o vice-presidente da República de Cuba, Salvador Antonio Valdés Mesa

17h – Reunião com o presidente do Conselho de Ministros da República do Peru, Luis Alberto Otárola Penaranda

17h30 – Reunião com o presidente da Assembleia Nacional da República Bolivariana da Venezuela, Jorge Rodrigues

Lula tomou posse como presidente da República pela terceira vez neste domingo, em uma cerimônia marcada pelo simbolismo e pela forte presença da cultura. Para a cerimônia, 18 chefes de Estado e de governo estrangeiros estiveram em Brasília. Nomes como os presidentes da Argentina, Alberto Fernández, da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, e da Colômbia, Gustavo Petro, viajaram até a capital brasileira para prestigiar a solenidade do petista. Este número ultrapassa em oito a lista de presença da posse do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) em 2019.

Lula cumprimentou todos os convidados estrangeiros no salão nobre do Palácio do Planalto e depois participou de um jantar no Itamaraty com os chefes estrangeiros. Entre os presentes estavam os chefes estrangeiros de Timor Leste, Cabo Verde, Alemanha, Espanha, Guiné-Bissau, Uruguai, Equador, Angola, Bolívia, Chile, Paraguai, Guiana, Suriname, Honduras e México confiram presença e estiveram mais cedo nas solenidades de Lula.