Lula foi o mais votado na cidade de São Paulo, e Bolsonaro, no estado

SÃO BERNARDO DO CAMPO, SP, 30.10.2022 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à Presidência vota na Escola João Firmino, em São Bernardo do Campo. (Foto: Marlene Bergamo/Folhapress)
SÃO BERNARDO DO CAMPO, SP, 30.10.2022 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à Presidência vota na Escola João Firmino, em São Bernardo do Campo. (Foto: Marlene Bergamo/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, eleito presidente do Brasil neste domingo, dia 30, foi o mais votado na cidade de São Paulo, a maior metrópole do país. O petista, porém, perdeu para Jair Bolsonaro (PL) no estado paulista, o mais populoso.

Na capital, Lula obteve 53,54% dos votos, contra 46,46% de Bolsonaro. Em todo o estado, o petista alcançou 44,76%, contra 55,24% do atual presidente, que recebeu a maioria dos votos.

O petista ganhou em 35 zonas eleitorais na cidade de São Paulo, e Bolsonaro, em 23.

Lula foi o candidato mais votado no segundo turno das eleições presidenciais deste ano, a mais acirrada desde a redemocratização do Brasil, com 50,9% dos votos válidos, à frente dos 49,1% de Bolsonaro.

No primeiro turno, em 2 de outubro, Bolsonaro também havia vencido no estado de São Paulo, com 47,71% dos votos válidos, contra 40,89% de Lula. Já na capital paulista, o petista teve vantagem de 47,54% a 37,99% na primeira votação.

Além de São Paulo, o novo presidente venceu agora em cidades como São Bernardo do Campo, seu berço político, Cotia, Itapecerica da Rocha e Franco da Rocha, na Grande São Paulo, e Araraquara. Já Bolsonaro ganhou em municípios como São José dos Campos, Sorocaba, Ribeirão Preto, Campinas, Franca e Santos.

Itapura, na divisa com Mato Grosso do Sul, foi a cidade paulista com a maior vitória proporcional de Lula, que alcançou 72,31% contra 27,69% de Bolsonaro.

O candidato do PL saiu na frente em 14 estados, incluindo o Distrito Federal, sobretudo no Sul e Centro-Oeste, e o petista, em 13, em especial no Nordeste e no Norte.