Lula inclui seu casamento na campanha para reforçar mote do 'amor'

***ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, 01.05.2022 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. (Foto: Marlene Bergamo/Folhapress)
***ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, 01.05.2022 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. (Foto: Marlene Bergamo/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem aproveitado seu casamento com a socióloga Rosângela da Silva, a Janja, para reforçar um dos motes de sua pré-campanha, a pregação do "amor", contra o "ódio" representado por Jair Bolsonaro (PL).

"Estou apaixonado e vou casar para mostrar minha confiança no futuro desse país", tuitou o ex-presidente na segunda (9). O casamento está marcado para 18 de maio.

Ele já havia feito essa referência no sábado (7), no lançamento oficial de sua pré-candidatura, em São Paulo.

"Um cara que tem 76 anos e está apaixonado como estou, que está querendo casar, só pode fazer o bem para esse país", disse. Durante o evento, um vídeo reforçando a dicotomia amor vs. ódio foi exibido.

Segundo petistas ouvidos pelo Painel, a comunicação da campanha deve reforçar conceitos como amor e esperança, para retratar que Lula busca a conciliação e não guarda rancor do tempo que ficou preso pela Lava Jato.

Mas a ideia de estabelecer um elo desse tema com o casamento é uma iniciativa pessoal do ex-presidente.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos