PT não tinha dinheiro para fretar jato para COP27, diz aliado de Lula após críticas

Lula participará da COP27, no Egito, a partir desta quarta-feira (16) - Foto: SERGIO LIMA/AFP via Getty Images
Lula participará da COP27, no Egito, a partir desta quarta-feira (16) - Foto: SERGIO LIMA/AFP via Getty Images

Wellington Dias (PT-PI), coordenador do Orçamento na equipe de transição do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT), disse nesta segunda-feira (14), durante entrevista ao Roda Viva, que o petista ‘não tinha dinheiro para fretar uma aeronave’ e foi de carona com empresário para o Egito.

Dias foi eleito senador no Piauí pelo Partido dos Trabalhadores (PT) e é o articulador político em busca de dinheiro para o ano que vem, e pode integrar algum ministério do novo governo.

Durante a entrevista, o senador foi questionado sobre a viagem de Lula ao Egito, e o gesto de “capitalismo de compadrio” e por qual razão o petista não viajou em um voo comercial.

Em resposta, Dias afirma que Lula pegou carona por ‘não ter dinheiro para fretar uma aeronave para ir ao Egito’. Salientando que não tem regra nenhuma que o impedisse de pegar carona,

“Você tem uma situação de um presidente eleito, ele não é presidente da República, ele não utiliza de voos do governo. Hoje, o Lula é uma pessoa física, ele, por conta disso, não tem qualquer regra que o impeça de pegar carona. Não tinha dinheiro para fretar uma aeronave para ir ao Egito. O PT não tinha esse dinheiro. O Lula foi de carona com o empresário", afirma.

Lula viajou na aeronave do empresário José Seripieri Junior para a conferência, no avião do empresário. José é fundador da Qualicorp e dono da Qsaúde. Os dois são amigos há cerca de 10 anos.

O avião é do modelo Gulfstream G600, ele possui capacidade para transportar 12 pessoas e autonomia para voar direto ao Egito. A viagem iniciou por volta das 7h30 da manhã, no horário de Brasília.

Seripieri, em junho de 2020, foi preso pela Polícia Federal durante uma operação que apurava supostos pagamentos ilícitos à campanha do senador José Serra (PSDB-SP). Pouco tempo depois ele foi solto.

Outro que comentou sobre a ida de Lula na aeronave foi o vice-presidente eleito e coordenador da transição de governo, Geraldo Alckmin, onde afirmou que a viagem de Lula no avião do empresário não foi um empréstimo, mas uma 'carona'.

“A informação que eu tenho é que o proprietário está indo junto. Não tem empréstimo”, disse.

O vice ainda acrescentou que governadores e outros políticos também viajam no mesmo avião, que partiu de São Paulo na manhã desta segunda-feira.