Lula lidera pesquisa eleitoral para 2022 e marca 49% contra 23% de Bolsonaro, diz Ipec

·2 minuto de leitura
***ARQUIVO***SÃO BERNARDO DO CAMPO, SP, 10.03.2021 - O ex-presidente Lula faz pronunciamento no Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo. (Foto: Marlene Bergamo/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO BERNARDO DO CAMPO, SP, 10.03.2021 - O ex-presidente Lula faz pronunciamento no Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo. (Foto: Marlene Bergamo/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Pesquisa do Ipec sobre a corrida eleitoral de 2022 mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com 49% das intenções de voto no primeiro turno, contra 23% do atual presidente, Jair Bolsonaro (sem partido).

Na sequência, segundo o levantamento, aparecem Ciro Gomes (PDT), com 7%, e o governador paulista, João Doria (PSDB), com 5% das intenções de voto.

Já o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM) marcou 3%. Outros 10% disseram preferir votar em branco ou nulo —3% não responderam.

O instituto também mediu a avaliação do presidente Bolsonaro. Segundo a pesquisa, a reprovação avançou dez pontos percentuais de fevereiro para cá, passando de 39% para 49%. Já a aprovação de Bolsonaro recuou de 28% para 24%.

A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O levantamento ouviu 2.002 pessoas de 17 a 21 de junho em 141 municípios do país. O Ipec foi fundado em 2021 por ex-dirigentes do Ibope Inteligência, que encerrou as atividades.

Em maio, pesquisa do Datafolha mostrou que ex-presidente Lula liderava a corrida para a Presidência com margem confortável no primeiro turno e venceria Bolsonaro na segunda etapa. O petista alcançava 41% das intenções de voto no primeiro turno, contra 23% de Bolsonaro.

Num eventual segundo turno contra Bolsonaro, ainda segundo o Datafolha, Lula levaria ampla vantagem, com uma margem de 55% a 32%.

O levantamento do Datafolha foi feito antes de o apresentador Luciano Huck (sem partido) e o empresário João Amoêdo (Novo) saírem da disputa. Eles tinham, respectivamente, 4% e 2% das intenções de voto.

Neste mês, Huck afastou a possibilidade de se candidatar à Presidência em 2022 e confirmou que substituirá o também apresentador Fausto Silva na TV Globo.

Dias antes, Amoêdo também anunciou ter declinado do convite do Novo para ser o candidato do partido ao Planalto no ano que vem.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos