Lula: 'Não acredito em terceira via'

·1 min de leitura
Lula: 'Não acredito em terceira via' (Foto: AP Photo/Marcelo Chello)
Lula: 'Não acredito em terceira via' (Foto: AP Photo/Marcelo Chello)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou nesta terça-feira (19), durante entrevista à Rádio Conexão, de Tocantins, que não acredita no surgimento da chamada terceira via para disputar a eleição presidencial deste ano.

Para o petista, a eleição será polarizada. "A polarização existe sempre que tem duas pessoas disputando, dois times jogando, dois países em conflito.”

A consultoria Eurasia Group disse que Lula tem 70% de chances de ganhar o pleito em outubro. Já as chances de reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL) aumentaram de 20% para 25%. Além disso, de acordo com a consultoria, as chances de um candidato da terceira via ser eleito caíram de 10% para 5%.

Na entrevista, Lula disse que não se “encanta” e nem se “entristece” com o relatório da Eurasia Group, mas que acredita que tem todas as condições para ganhar a eleição. “Estou muito otimista”, afirmou.

O ex-presidente falou também que não quer ficar fazendo live durante a campanha, e sim andar por todo o país

“Quero percorrer o Brasil, quero abraçar, beijar, cumprimentar o povo de cada estado brasileiro, porque é essa conexão química da relação entre os seres humanos que vai fazer com que o povo decida em quem votar em 2 de outubro.”

Sobre Geraldo Alckmin (PSB) ser seu companheiro de chapa, Lula afirmou que o ex-tucano será um vice “excepcional”.

Segundo ele, isso acontecerá principalmente porque o ex-governador de São Paulo é um político experiente.

“É um homem que acho que vai ajudar a consertar esse país. Estou convencido de que ele será extraordinário como vice. Tenho certeza que o Alckmin vai me ajudar a fazer esse país a crescer e a ser feliz.”

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos