Lula não assumiu que a "picanha" que mencionava em seus discursos é de soja

Presidente eleito Lula (PT) em uma reunião em Portugal, em 18 de novembro de 2022 (Foto: Reuters / Rodrigo Antunes)
Presidente eleito Lula (PT) em uma reunião em Portugal, em 18 de novembro de 2022 (Foto: Reuters / Rodrigo Antunes)
  • Usuários espalham nas redes sociais que Lula mentiu ao prometer picanha para os eleitores e que ele falava, na verdade, de carne de soja

  • Junto às publicações é compartilhado um vídeo com a suposta fala do petista

  • O conteúdo, porém, foi editado e retirado de contexto

Circula nas redes sociais um vídeo do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) falando que não estava prometendo churrasco para todo mundo, que, na verdade, ele estava se comprometendo a recuperar a economia. No registro, ele afirma ainda que as pessoas poderiam comer um "bife de soja". Usuários usam a gravação para alegar que Lula enganou seus eleitores ao prometer picanha, já que ele estaria falando em carne de soja.

O conteúdo chegou a ser compartilhado pelo deputado federal Carlos Jordy (PL) no Twitter e já ultrapassa 11 mil interações.

Mas a informação é falsa. O vídeo que circula nas redes foi manipulado e tirado de contexto. Na declaração original, Lula falou que pessoas que não gostassem de carne poderiam comer soja.

Captura de tela de um vídeo de Lula que é usado para alegar que o presidente eleito enganou as pessoas ao prometer picanha, pois ele estaria supostamente se referindo a carne de soja (Foto: Twitter / Reprodução)
Captura de tela de um vídeo de Lula que é usado para alegar que o presidente eleito enganou as pessoas ao prometer picanha, pois ele estaria supostamente se referindo a carne de soja (Foto: Twitter / Reprodução)

Uma busca no YouTube por "Lula podcast" direcionou ao vídeo original da participação do então candidato à Presidência no podcast Desce a Letra Show podcast, em 23 de outubro de 2022:

Ao assistir o trecho completo, é possível identificar que o vídeo viral foi editado, cortando um trecho da fala de Lula, o que alterou o sentido da declaração. Na ocasião, ele não admitiu que a picanha a que costumou se referir em seus discursos de campanha era, na verdade, de soja.

No vídeo, o petista foi questionado sobre como pretendia, caso eleito, restaurar a autoridade do Presidente da República, tendo em vista o orçamento secreto, e garantir o churrasco que ele havia prometido aos eleitores. Em resposta, ele explicou que havia prometido, na verdade, recuperação econômica para que as pessoas pudessem fazer um churrasco com suas famílias. Em seguida, Lula mencionou o "bife de soja" apenas como uma opção para aqueles que não gostam de carne:

"Na verdade eu na verdade eu não tô prometendo churrasco, o que tô dizendo é que a gente vai voltar [...] a recuperar a economia desse país para que o povo possa no final de semana convocar a família comer um churrasco e tomar uma cerveja. Quem não gosta de cerveja pode tomar refrigerante ou água, quem não gosta de carne pode comer um bife de soja, um pastel de caju, qualquer coisa, mas o que é importante gente é que a gente tem que despertar no povo interesse de fazer as coisas que eles gostam de fazer a vida não é só sofrimento", disse ele.