Lula no JN: Veja as estratégias do petista para a entrevista

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) (Foto: MIGUEL SCHINCARIOL/AFP via Getty Images)
Luiz Inácio Lula da Silva (PT) (Foto: MIGUEL SCHINCARIOL/AFP via Getty Images)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), candidato ao Palácio do Planalto, irá ao Jornal Nacional, da TV Globo, nesta quinta-feira (25), e já se reuniu com os principais integrantes de sua campanha, como a presidente nacional do PT (Partido dos Trabalhadores), Gleisi Hoffmann, e Aloizio Mercadante, responsável pelo plano de governo do petista, para alinhar estratégias.

Segundo informações do site da revista Veja, aliados de Lula afirmam que o petista está tranquilo e que quer falar sobre os problemas do país e as propostas para resolver questões como a fome, desemprego e inflação.

Mostrar os fracassos do governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) será um caminho explorado pelo candidato do PT à Presidência.

Portanto, ele pretende abordar assuntos como a fome, crime na Amazônia, precarização do emprego e aumento de preços.

Com relação à corrupção nos governos petistas, que deve ser um dos temas trazidos pelos jornalistas William Bonner e Renata Vasconcellos, Lula pode falar que a Lava Jato foi uma perseguição política contra ele, que os processos foram arquivados e que é inocente.

Ainda de acordo com Veja, Lula pode admitir a corrupção na Petrobras, mas dirá que nunca soube nem participou dos casos.

SABATINA DO JORNAL NACIONAL

O Jornal Nacional, da TV Globo, realiza tradicionalmente a sabatina de perguntas com os candidatos à Presidência da República mais bem colocados nas pesquisas eleitorais.

A condução dos questionamento é feita pelos apresentadores do Jornal Nacional: William Bonner e Renata Vasconcellos. As entrevistas ocorrem nos estúdios da Globo no Rio de Janeiro.

A sabatina pela qual os candidatos serão submetidos é considerada fundamental por estrategistas das campanhas, que veem uma boa possibilidade de conseguir "furar a bolha" e expor suas ideias no telejornal de maior audiência do país. As sabatinas do Jornal Nacional preveem 40 minutos de participação de cada candidato.

Veja como foi a sabatina de Jair Bolsonaro no Jornal Nacional

O primeiro presidenciável entrevistado foi o atual presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL). Bolsonaro abriu a série de entrevistas na segunda-feira (22). Ciro Gomes, do PDT, será o entrevistado de terça (23). Luiz Inácio Lula da Silva (PT) participará na quinta (25) e Simone Tebet (MDB) fechará a série, na sexta (26).

A seleção dos candidatos teve por base as cinco melhores colocações na pesquisa eleitoral divulgada pelo Datafolha em 28 de julho: Lula, Bolsonaro, Ciro, Tebet e André Janones (Avante). Janones, no entanto, decidiu retirar sua candidatura.

A ordem das entrevistas e as datas foram decididas em um sorteio realizado em 1º de agosto com representantes dos partidos.