Lula passa por intervenção na laringe e recebe alta em São Paulo

O presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, foi operado no domingo (20) para retirar uma lesão na laringe detectada em exames recentes – informou o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde foi atendido, acrescentando que o petista recebeu alta nesta segunda-feira (21).

Lula, de 77 anos, foi internado no domingo, ao voltar de viagem, "para fazer uma laringoplastia para retirar uma leucoplasia (lesão branca) na corda vocal esquerda", detalhou a instituição, em um comunicado.

"O procedimento mostrou ausência de neoplasia", acrescentou o boletim médico, descartando a possibilidade de tumores por aumento anormal de células.

De acordo com a imprensa local, Lula permanecerá descansando em casa, sem agenda pública.

O líder do Partido dos Trabalhadores (PT) foi diagnosticado com câncer de laringe em 2011, do qual se recuperou no ano seguinte.

A lesão na laringe removida neste fim de semana foi detectada em exames médicos de rotina feitos no sábado anterior, após um esforço de longos meses de campanha presidencial, em que sua voz levantou preocupações.

Durante a semana, Lula participou da COP27 no Egito, em sua primeira aparição internacional como presidente eleito do Brasil. Na sequência, visitou Portugal.

Antes de partir, sua equipe informou que os resultados dos exames de Lula são "normais", confirmando a "completa remissão" do tumor de laringe detectado em 2011.

Lula foi fumante por 50 anos e parou de fumar em 2010, após ser internado por hipertensão. O câncer foi detectado no final de sua presidência (2003-2011). Em 2012, os médicos anunciaram sua "recuperação total", após tratamentos de quimioterapia e radioterapia.

mls/dga/tt