Lula promete churrasco e avião, e Bolsonaro usa locutor nordestino em 1º programa de rádio

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os dois líderes nas pesquisas de intenção de voto para a Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL), concentraram suas atenções na economia popular no primeiro dia do programa do horário eleitoral no rádio e na televisão.

O ex-presidente Lula citou a fome atual no país e prometeu que, com ele no poder, o povo voltará a "andar de avião" e "fazer um churrasquinho". Jair Bolsonaro afirmou que manterá o Auxílio Brasil de R$ 600 em 2023. O benefício começou a ser pago em agosto e vai até o final deste ano.

O programa do presidente teve um locutor com sotaque do Nordeste. Na região, Lula conta com seu maior domínio, com 57% das intenções de voto ante 24% de Bolsonaro, segundo a pesquisa Datafolha.

A vantagem levou políticos da região filiados ao PL, partido do presidente, a aderirem ao candidato petista. Dos 142 prefeitos da sigla no Nordeste, ao menos 20 apoiam o petista e só 3 pedem voto para o presidente, mostra reportagem da Folha.

A propaganda eleitoral será exibida, no rádio e na televisão, até o dia 29 de setembro, antes do primeiro turno. No segundo, serão mais três semanas, a partir de 7 de outubro.