Lula promete a sindicalistas "mudar a lógica" para diminuir IR dos pobres e aumentar dos ricos

Lula discursa em cerimônia em Brasília

Por Lisandra Paraguassu

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta quarta-feira, em discurso a centrais sindicais, que o governo vai "mudar a lógica" para diminuir o Imposto de Renda cobrado dos mais pobres e aumentar sobre os ricos.

Lula defendeu que seja realizada uma reforma tributária ainda no primeiro semestre, dizendo que é necessário muito convencimento no Congresso e muita organização da sociedade.

O presidente também afirmou que vai "brigar" para subir o valor de isenção do IR para 5 mil reais, conforme promessa de campanha, acrescentando que vai cumprir "cada coisa" que prometeu durante as eleições.

O presidente defendeu, ainda, que o salário mínimo aumente de acordo com o crescimento da economia. Lula assinou no evento com as centrais sindicais um despacho determinando que os Ministérios do Trabalho e da Previdência, entre outros, apresentem em 45 dias uma proposta para uma política de valorização do mínimo.