Lula refaz agenda antes do 1º turno e marca idas ao Nordeste

Lula chega aos dois estados para fortalecer as candidaturas e, para isso, precisou refazer a agenda na reta final do 1º turno. (Foto: Paulo Lopes/Anadolu Agency via Getty Images)
Lula chega aos dois estados para fortalecer as candidaturas e, para isso, precisou refazer a agenda na reta final do 1º turno. (Foto: Paulo Lopes/Anadolu Agency via Getty Images)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) adicionou à agenda visitas ao Ceará e Bahia na sexta-feira (30) após o crescimento dos candidatos Elmano de Freitas e de Jerônimo Rodrigues nas disputas pelos respectivos estados. As informações são da assessoria de comunicação do ex-presidente.

Lula chega aos dois estados para fortalecer as candidaturas. Na sexta, ele inicia a agenda por Salvador, onde vai caminhar com apoiadores. À tarde, estará em Fortaleza com Elmano e Camilo Santana, candidato ao Senado pelo PT.

Pesquisas lançadas na última semana no Ceará apontam que o deputado estadual Elmano de Freitas já tem chances reais de chegar ao segundo turno e enfrentar Capitão Wagner (União Brasil) na corrida pelo Palácio da Abolição.

O deputado federal e Capitão da Polícia Militar lidera todas as simulações desde o início da campanha. Antes, o petista mantinha empate técnico no segundo lugar com Roberto Cláudio, do PDT. Mas o aliado de Ciro Gomes ficou em terceiro, segundo os levantamentos anteriores ao fim de semana.

No Povo/Ipespe de quinta-feira (22):

  • Capitão Wagner (UB) com 37%;

  • Elmano de Freitas (PT) com 28%; e

  • Roberto Cláudio (PDT), 19%.

Em simulação anterior do mesmo instituto, o petista e o pedetista empatavam tecnicamente com 23% e 22%, respectivamente. Contratada pelo jornal O Povo, a pesquisa ouviu 1.000 pessoas em entrevistas presenciais entre 18 e 20 de setembro.

O número de registro na Justiça Eleitoral é: CE-04936/2022. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais e o nível de confiança é de 95%.

Veja as últimas pesquisas eleitorais para presidente:

Na Bahia, a vantagem do ex-prefeito de Salvador ACM Neto tem caído e a decisão poderá ser levada ao segundo turno. Ele ainda tinha mais de 45% de vantagem até a semana passada, mas o petista Jerônimo Rodrigues já chega a 30% das intenções e é o principal adversário do candidato do União Brasil. Na terceira colocação, aparece João Roma (PL), com até 10% das intenções.

Segundo Ipec do dia 23 de setembro:

  • ACM Neto tem 47%; e

  • Jerônimo, 32%.

No levantamento anterior, ACM tinha 56% e venceria no primeiro turno. Já Jerônimo passou cresceu 19 pontos ao sair da marca de 13% das intenções.

A simulação ouviu 1.504 pessoas, entre os dias 20 e 22 de setembro, em 72 cidades do estado. A margem de erro é de três pontos percentuais. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BA - 05576/2022 (TRE) e BR - 04999/2022 (TSE).