Lula tem 58% entre beneficiários do Auxílio Brasil; Bolsonaro tem 25%

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Lula aparece como favorito entre beneficiários do Auxílio Brasil, aponta PoderData (Foto: EVARISTO SA/AFP via Getty Images)
Lula aparece como favorito entre beneficiários do Auxílio Brasil, aponta PoderData (Foto: EVARISTO SA/AFP via Getty Images)

A nova pesquisa eleitoral PoderData, divulgada nesta quinta-feira (4), mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem ampla vantagem nas intenções de voto dos beneficiários do Auxílio Brasil, com 58%. Já Jair Bolsonaro (PL) tem 25%.

Em terceiro lugar está Ciro Gomes, com 6%, seguido por André Janones (Avante), que deve deixar a corrida presidencial para apoiar Lula, e Simone Tebet (MDB), ambos com 2%. Luciano Bivar (União Brasil) e Vera Lúcia (PSTU) aparecem com 1% entre os beneficiários do programa social.

Bolsonaro teve uma queda expressiva entre os que recebem o auxílio em relação ao levantamento anterior, feito entre 17 e 19 de julho: passou de 32% para 25%. Já Lula cresceu de 52% para 58%.

O levantamento é o último antes do aumento do Auxílio Brasil. Após a aprovação da chamada PEC Kamikaze, o valor passará de R$ 400 para R$ 600.

A pesquisa foi realizada entre os dias 31 de julho e 2 de agosto por meio de ligações para telefones fixos e celular. Foram ouvidas 3.500 pessoas e a margem de erro é de dois pontos percentuais. O registro no Tribunal Superior Eleitoral é BR-08398/2022.

Cenário geral

Enquanto Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se manteve estável nas intenções de voto, o presidente Jair Bolsonaro (PL) teve oscilação negativa, o que amplia a vantagem do petista. É o que mostra a nova pesquisa eleitoral 2022 PoderData, divulgada nesta quinta-feira (4).

Lula aparece com 43%, mesmo índice da pesquisa anteriores, enquanto Bolsonaro apareceu com 35%, dois pontos a menos. A variação está dentro da margem de erro.

Veja como foram as últimas pesquisas eleitorais de 2022:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos