Lula venceu no Nordeste, e Bolsonaro, nas demais regiões

SÃO BERNARDO DO CAMPO, SP, 30.10.2022 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à Presidência vota na Escola João Firmino, em São Bernardo do Campo. (Foto: Marlene Bergamo/Folhapress)
SÃO BERNARDO DO CAMPO, SP, 30.10.2022 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à Presidência vota na Escola João Firmino, em São Bernardo do Campo. (Foto: Marlene Bergamo/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ficou à frente de Jair Bolsonaro (PL) apenas na região Nordeste, reduto do petista desde sua primeira campanha vitoriosa à Presidência da República, em 2002.

Na região, o placar foi de 69,32% dos votos válidos para Lula e 30,68% para o atual presidente -no cômputo geral, 50,90% contra 49,10%.

No resto do país, o domínio foi de Bolsonaro, embora não tenha alcançado diferença tão larga quando a do petista no Nordeste.

No Sudeste, que concentra os três maiores colégios eleitorais do país, o chefe do Executivo marcou 54,30%, contra 45,70% de Lula. No Sul, o placar foi de 61,84% x 38,16 e no Centro-Oeste, 60,21% x 39,79%, sempre a favor de Bolsonaro.

A menor diferença foi registrada no Norte: 51,05% para Bolsonaro, contra 48,95% para o petista.