Lula viajará à China entre 26 e 31 de março, confirma Itamaraty

Lula participa de evento em Brasília

SÃO PAULO (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva visitará a China no período de 26 a 31 de março, após convite do líder chinês Xi Jinping, disse o Ministério das Relações Exteriores em comunicado nesta sexta-feira.

De acordo com o Itamaraty, Lula encontrará em Pequim, além de Xi, o premiê chinês, Li Qiang, e o presidente da Assembleia Popular Nacional, Zhao Leji. Nas discussões, serão tratados temas como "comércio, investimentos, reindustrialização, transição energética, mudança climática e paz e segurança mundial", disse o ministério.

Lula também passará por Xangai, onde visitará a sede do Novo Banco de Desenvolvimento.

O Itamaraty não confirmou quem acompanhará Lula na viagem, apenas dizendo que a comitiva do presidente será composta por "parlamentares, governadores, ministros de Estado e empresários".

Na quarta-feira, em ofício enviado ao Congresso Nacional, o governo federal oficializou o convite mais de 20 parlamentares para integrarem a delegação que vai à China --incluindo o presidente da Câmara Arthur Lira (PP-AL).

O ministério ainda afirmou que ao longo da visita haverá "eventos empresariais, seminários e a assinatura de atos intergovernamentais"

Está será a terceira visita de Estado de Lula à China, após viagens anteriores ao gigante asiático em 2004 e 2009.

(Por Fernando Cardoso)