Lulu Santos pede defesa dos direitos LGBTQIA+ e recebe promessa de futuro ministro da Justiça

A semifinal do The Voice Brasil, que aconteceu nesta terça-feira (27), celebrou a representatividade. Cinco participantes LGBTQIA+ chegaram à etapa de votação popular do reality. E, durante o programa, Lulu Santos, um dos jurados, destacou a importância do cuidado com assuntos relacionados à comunidade.

"Eu queria lembrar ao novo Ministro da Justiça que o nosso país segue sendo o que mais mata pessoas LGBTQIA+. E que talvez nesse novo Ministério da Justiça coubesse uma secretaria para cuidar desse assunto", disse o cantor que tem uma relação pessoal com a causa. Lulu é casado com o analista de sistemas Clebson Teixeira há três anos. Nos bastidores do programa, os dois estão sempre juntos, trocando declarações de amor e de apoio.

Logo após o pedido de Lulu Santos, os futuros ministros da Justiça e dos Direitos Humanos, Flávio Dino e Silvio Almeida, respectivamente, responderam ao técnico por meio das redes sociais.

"Concordo com a proposta de Lulu Santos, apresentada no 'The Voice'. Vou dialogar com o ministro dos Direitos Humanos, Silvio Almeida, a fim de que façamos um trabalho conjunto", escreveu Flávio.

Silvio Almeida, por sua vez, respondeu a Dino e lembrou que a secretaria LGBTQIA+ já está criada e ressaltou seu compromisso em "preservar a vida e a dignidade dessas pessoas". Em seguida, o cantor agradeceu o retorno dos futuros ministros; "Contamos com vocês!".