Luma de Oliveira se pronuncia sobre ex, Fernando Moraes, preso na operação 'QG da propina'

·1 minuto de leitura

Luma de Oliveira se pronunciou sobre o ex-delegado Fernando Moraes. Ele foi preso, na última terça-feira, na operação "QG da propina", assim como o prefeito do Rio, Marcello Crivella. A atriz e modelo namorou Moraes há cerca de 14 anos. À época, ele era titular da Delegacia Antissequestro da Polícia Civil do Rio.

"Na época, a pessoa em questão não era político, e, sim, um delegado respeitado por ter acabado com os sequestros no Rio de Janeiro", consta de um trecho do texto publicado por Luma, que reiterou nada ter a ver com o assunto os envolvidos na operação: "Uma operação na qual não me diz respeito".

O romance dos dois durou cerca de um ano e meio, entre 2005 e 2006. O relacionamento veio à tona no carnaval de 2006, quando ambos não escondiam mais o romance em frente às câmeras.

Aquela foi a primeira vez que a modelo e atriz assumiu um relacionamento após ter se separado do empresário Eike Batista, com quem teve dois filhos: Thor Batista e Olin Batista. Segundo a imprensa, reportou à época, a história começou a chamar atenção no carnaval do ano anterior, em 2005. Na ocasião, Luma de Oliveira desfilou pela Caprichosos de Pilares e estava com o adereço de um cordão, cujo pingente eram duas algemas. Posteriormente, num dos camarotes, ela foi vista num dos camarotes em companhia do então delegado.