Ex-BBB Lumena faz autocrítica: "O ranço é super compreensível, até eu vendo"

Felipe Abílio
·10 minuto de leitura
Lumena fala da vida pós-BBB21. Foto: Divulgação
Lumena fala da vida pós-BBB21. Foto: Divulgação

Lumena Aleluia já tinha sentido o baque de ter “liberado seus monstrinhos” dias antes de ser anunciada como a quinta eliminada do Big Brother Brasil. Ainda dentro da casa, a baiana de 29 anos, nascida e criada no complexo de bairros da região da Liberdade, em Salvador, já refletia sobre sua trajetória no reality. 

Queria ter mostrado esse combo da baianidade, que é de uma mulher alegre, divertida, determinada. Meu propósito lá no Big dos Bigs era ganhar o prêmio para comprar meu trio elétrico e fazer meu pagodão

DJ de pagodão baiano, psicóloga e roteirista, Lumena teve a chance de escrever sua própria vitória. Entrou no programa com imunidade, sendo umas das preferidas do público antes mesmo do reality começar. Mas as alianças com Karol Conká, de quem já era fã, e Nego Di, esconderam o brilho que ela queria ter mostrado. Além disso, situações de atrito com os participantes Lucas Penteado e Carla Diaz também fizeram o público de casa não entender seu modo de pensar, além de ter gerado uma grande onda de ataques de ódio contra ela e sua família na internet. Ela foi eliminada com 61,31% dos votos populares, na quinta semana do programa.

Leia também

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

“O ranço é super compreensível, até eu vendo tudo, falo: ‘Aí Lumena, por que minha filha?’. Lá é tanta pressão que o jogo coloca, a gente briga por arroz, chocolate, são coisas que acontecem, mas nem eu sabia que estava guardando esses monstrinhos, que infelizmente vieram à tona.”

Lumena autorizou!

Em um bate-papo exclusivo com o Yahoo, a ex-BBB garante que aquela Lumena do reality é uma versão que já está sendo desconstruída. Quer dançar com Carla Diaz — pedido que a atriz fez antes dela deixar a casa —, quer encarar a maternidade em breve e faz planos para a nova profissão de digital influencer. Desde que deixou os estúdios do BBB, ela já dobrou o número de seguidores e vem conquistando a simpatia do público.

Quase um mês depois da sua eliminação, como foi se olhar no programa? Como foi encarar o que você mostrou no reality?

A experiência foi uma permissão, uma coisa diferente para os estudos que eu já vinha fazendo aqui fora. Me joguei, coloquei para fora essa coragem, de dividir parte desse meu desejo. Infelizmente os rumos não foram os que projetei. De modo geral, tirei muitos aprendizados para ter condições de começar um novo ciclo aqui fora. Falei para mim mesma: 'Se perdoe, conviva com as interlocuções que façam sentido, que agregam valor’, para de fato encerrar aquele ciclo e estar aberta ao que vem, com aprendizado e construções.

Lumena fala da vida pós-BBB21. Foto: Divulgação
Lumena fala da vida pós-BBB21. Foto: Divulgação

Qual a versão da Lumena que você se arrepende de não ter apresentado ao público?

De verdade, a principal é esse combo da baianidade, que é de uma mulher alegre, divertida, determinada. Meu propósito lá no ‘Big dos Bigs’ era ganhar o prêmio para comprar meu trio-elétrico, era meu objetivo principal. Quando me dei conta que nem cheguei perto, fiquei muito triste. Estou me reinventando para criar outras narrativas aqui fora, quando tivermos de novo o carnaval, a bagaceira voltar e eu quero conseguir levar a baianidade através da musicalidade.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Você teve uma parceria com Karol Conkâ dentro do jogo, além de ser fã dela antes do programa. Analisando tudo, como ficou essa admiração e amizade no seu coração?

Karol era uma mulher que já admirava anteriormente, houve uma surpresa para muitas pessoas, jamais imaginávamos que iriam ter artistas de gabaritos específicos, de diversos nichos, ela foi uma surpresa para mim. Imagine estar em um lugar competindo com alguém que você admira. Deu uma bugada na minha cabeça mesmo, deu umas reviravoltas lá dentro, não soube administrar muito bem esses pesos. Minha admiração como artista continua, mas também de ver que ela está se reinventando como sujeito, reconhecendo os processos, os erros. Aqui fora todo mundo está se reavaliando.

Durante o programa, muitas pessoas se irritaram com as suas atitudes, mas, quando saiu, você já parecia estar mudando o jogo. Sua participação no “Mais Você” também mostrou uma Lumena diferente. O que mudou na sua mente a partir do momento que você deixou o programa?

Lumena fala da vida pós-BBB21. Foto: Divulgação
Lumena fala da vida pós-BBB21. Foto: Divulgação

O ranço é super compreensível, até eu vendo tudo, falo: ‘Aí Lumena, por que minha filha?’. Lá é tanta pressão que o jogo coloca, a gente briga por arroz, chocolate, são coisas que acontecem, mas nem eu sabia que eu estava guardando esses monstrinhos, que, infelizmente, vieram à tona. São coisas que vejo aqui fora com a cabeça e a saúde mental mais organizada que eu não me orgulho, me arrependo. Mas ao mesmo tempo, tudo isso virou um combo de aprendizado. Na saída do programa já liguei o modo autocrítica porque parece que a ficha cai. O paredão é uma chavinha que faz a gente começar a se autoavaliar.

No programa, você teve conflitos com a Carla Diaz, mas, fora da casa, você chegou a defendê-la no paredão em que ela acabou sendo eliminada. Sua visão sobre ela mudou?

A Carla é um personagem que aqui fora começo a olhar com outros olhos. Principalmente como foi a relação dela com o Arthur. Achei injusto priorizar a saída dela em relação a outros participantes. Fiz questão de expor minha opinião e reflexão, nesse paredão especificamente. Queria manter ela no programa para dar outra chance, lá tudo vira em um dia. O que me tocou muito foi ela ter pedido uma dança aqui fora na minha saída, e quando alguém fala comigo sobre dançar, não tem como dizer não. Dançar é uma das ferramentas principais de se reinventar, de ressignificar as energias, as encrencas. O que rolou lá dentro, ficou lá. Aqui fora é outro corre, de se permitir admirar coisas que a gente não conseguiu lá dentro. O que desejo é que a gente consiga dançar da melhor maneira possível.

Sobre Lucas Penteado, vi que você disse que vai procurá-lo em um bom momento. Vocês já conversaram?

Desde o início, já o admirava pelos projetos, pelo corre artístico que fazia, realmente minha admiração é visível. Temos pensamentos de vida parecidos. O que aconteceu no jogo foram atritos. É importante fazer uma divisão porque as coisas que acontecem lá ganham uma proporção que nem a gente tem noção. Nossa percepção lá é totalmente restrita, não tem como acessar aqui fora. Não me orgulho das coisas que, infelizmente, foram resultantes da nossa relação lá dentro. Aqui fora, é entregar para a sabedoria do tempo, acionando a importância da gente se reconectar como artista, como pessoas que fazem o mesmo corre. A admiração por ele continua e torço muito para que a jornada dele ganhe o Brasil todo.

Lumena fala da vida pós-BBB21. Foto: Divulgação
Lumena fala da vida pós-BBB21. Foto: Divulgação

Boninho e Thiago Leifert te falaram algo quando você saiu?

Falaram (rindo). Eles ficaram: “Mas menina, você entrou como favorita, o que aconteceu?" Minha resposta nunca omiti. De fato, cai nas ciladas que eu mesma não tinha noção. Fui com tudo, inclusive com as histórias, monstrinhos, que achava já ter domado, mas lá junto com o arroz, feijão, rabada, coloquei para fora mesmo. Aqui fora assumo meu B.O. e bola pra frente. Tenho muito desejo de compartilhar essa Lumena que não consegui lá dentro.

Voltaria para o "BBB"ou iria para o “No Limite”?

Minha assessoria fica reflexiva porque dou trabalho, né? Neste momento estou preservando minha saúde mental. Minha terapeuta, minha assessoria e minha mãe falam que não, mas sou ariana, quero viver as coisas profundamente, não quero passar despercebida nessa vida, a gente gosta de se desafiar, nunca digo que não, digo que temporariamente não.

Quando você soube sobre o aumento do número de seguidores, você disse que nem tinha conteúdo para mostrar. Como está sendo esse momento influencer? Assumiu a faceta? Você saiu do programa com 159 mil seguidores, hoje já soma 326 mil.

O BBB adiantou dois anos de análise na minha vida. Quando voltei, minha terapeuta brincou dizendo que precisei de um reality para ver a potencialidade. Tinha muitos preconceitos em relação ao que é o universo da internet, da criação de conteúdo, hoje acordo e durmo interagindo com a galera, quebrei muitos preconceitos. Me sinto muito contemplada de receber pessoas muito incríveis. Aqui fora estou aproveitando isso. Entrei no Big e não tinha nem Twitter. Hoje, estou fazendo reunião de brainstorm para criar conteúdo (disse rindo com expressão surpresa). Isso é muito massa, uma virada de chave profissional. Tenho sido acolhida pelas marcas e pelos projetos que estamos desenvolvendo.

Qual o seu meme favorito?

Gostei do negócio de autorizada, não vou mentir pra você. Fiquei chocada, eu não tinha entendido, quando entendi, eu mesma tirei onda. Está autorizadíssimo tirar onda. Está fazendo parte da minha rotina brincar com o meme.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Já conseguiu ganhar uma graninha com as redes sociais e a fama? Como é ser uma ex-BBB?

É uma responsabilidade grandona. É o maior presente ter sido apresentada a esse universo da internet. Sou ariana, profunda, torta mesmo, e a possibilidade de compartilhar um pouco da minha vida, um pouco da minha alegria, das Lumenas que eu queria ter levado, estou assumindo essa relação. Responsabilidade de colocar no currículo como ex-BBB do Big dos Bigs, passo a admirar o programa com outros olhos.

Fernanda, sua namorada, chegou a dizer em uma entrevista que não estava te reconhecendo no programa. Como foi a DR em casa? Foi difícil superar esses ataques da internet?

A gente não imagina que lá dentro as nossas famílias estão participando junto com a gente. Foi uma experiência de muito aprendizado. A relação com o BBB é de responsabilidade, tanto lá dentro, quanto aqui fora. Eu e Fê entendemos a internet de maneira muito dolorosa, tudo que fazia lá dentro reverbera nela aqui fora. Ela foi uma das pessoas que me acolheu primeiramente, foi muito importante contar com essa rede de apoio dela. Em nenhum momento houve falas de crítica, foram falar de acolhimento, ela entendeu que caí nas minhas ciladas. A gente precisou se cuidar em relação às mensagens de ódio, a onda do cancelamento, foi uma coisa que precisamos nos preservar para não comprar nenhuma narrativa, às vezes a gente se perde.

Lumena fala da vida pós-BBB21. Foto: Divulgação
Lumena fala da vida pós-BBB21. Foto: Divulgação

Como está sendo essa fase pós-bbb, fortaleceu a relação?

Falei que se eu ganhasse a gente iria finalmente realizar a vontade de casar, ter filho... Sapatão quando se junta é aquela coisa, né? (risos). Temos esse plano, temos a vontade de juntar esses desejos de trabalhar com a arte, ser feliz, ser mãe. Vou fazer meus trintão, quero fazer esse projeto da maternidade acontecer. Em dois aninhos, estamos fazendo pesquisas de reprodução assistida, com instituições sérias, estamos vendo alguns casais que deram certo. Tenho muita vontade de me ver na gestação, ela concordou, até isso deu certo. 

Eu quero engravidar

Qual o seu grande projeto profissional nessa virada de vida?

Nessa pandemia, os grandes sonhos têm sido voltar a fazer meus projetos criativos darem certo. Estou conseguindo juntar um pouco das experiências profissionais que vivi. Saí de Salvador psicóloga, voltei roteirista, DJ de pagodão, minha mãe não entendeu nada. Agora, estou assumindo essa agenda de criação de conteúdo no Youtube, então, estou muito desejosa.