#Verificamos: Vídeo que mostra construção de ferrovia é da Suécia, e não do Brasil

Reprodução

por Maurício Moraes

Circula pelas redes sociais um vídeo que mostra uma máquina colocando trilhos em uma ferrovia. A legenda que acompanha a gravação afirma se tratar da construção de um trecho que vai ligar a cidade de Lucas do Rio Verde (MT) ao Maranhão, feito pelo governo de Jair Bolsonaro. A obra, de acordo com a publicação, usaria maquinário de origem chinesa. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

Reprodução

“Olha o maquinário que os chineses estão usando para fazer a estrada de ferro que vai da região de Lucas do Rio Verde até o Maranhão. Já estão em Marabá no Pará. Golaço do presidente.”
Legenda de vídeo publicado no Facebook que, até as 9h30 de 29 de agosto de 2019, tinha mais de 18 mil compartilhamentos

FALSO

A informação, analisada pela Lupa, é falsa. Ainda não começou a construção da Ferrovia de Integração Centro-Oeste (Fico), que vai passar por Lucas do Rio Verde (MT) e chegar até a Ferrovia Norte-Sul, em Mara Rosa (GO). O vídeo mostra uma colocação de trilhos na Suécia, não no Brasil, com maquinário que foi desenvolvido pelas empresas CEAB e RF-System, ambas localizadas no país europeu – e não de origem chinesa, portanto.

Em nota, a assessoria de imprensa do Ministério de Infraestrutura afirmou que a Valec Engenharia, Construções e Ferrovias – uma empresa vinculada à pasta – entregou em março o projeto básico e o orçamento para a construção da Fico entre Água Boa (MT) e Mara Rosa (GO). O trajeto terá 383 quilômetros. Ainda não há data definida para o início das obras. A partir da ligação com a Ferrovia Norte-Sul, em Mara Rosa, será possível chegar até Tocantins, Maranhão e Pará.

Ainda estão previstos outros três segmentos da ferrovia, mas todos sem data para execução. Serão 505 quilômetros entre Água Boa e Lucas do Rio Verde, 646 quilômetros entre Lucas do Rio Verde e Vilhena (RO) e 770 quilômetros de Vilhena a Porto Velho (RO). Ou seja, a chegada a Lucas do Rio Verde ocorreria apenas na segunda etapa da Fico. O objetivo da construção desta via é facilitar o escoamento de grãos pelos portos localizados no norte do país.

As inscrições “CEAB” e “Connys Entreprenaud”, que aparecem na parte traseira do veículo no vídeo, permitiram a identificação da proprietária da máquina. CEAB é uma abreviação de Connys Entreprenaud AB. A pequena empresa, com sede na cidade de Höör, na Suécia, tem 13 funcionários e trabalha na área de construção e manutenção de ferrovias naquele país.

Uma imagem no Facebook da empresa mostra o mesmo veículo, uma escavadeira Volvo EWR150E. Na gravação que viralizou no Brasil, o braço do veículo está conectado a um mecanismo de colocação de trilhos. Em e-mail enviado à Lupa, a CEAB afirma que desenvolve essa tecnologia, que acelera a colocação de trilhos, com outra empresa sueca, a RF-System. “A máquina e o operador são nossos”, afirmou o desenvolvedor Tony Andersson, da CEAB.

A máquina mostrada no vídeo trabalha na ampliação da ferrovia entre Lund e Arlöv, no sul da Suécia. O objetivo da obra é duplicar as duas linhas férreas que interligam essas cidades e tem conclusão prevista para 2024.

Em maio, a Lupa verificou outro vídeo que mostrava a construção de uma ferrovia e atribuía a obra ao governo Bolsonaro. A gravação, no entanto, já circulava na rede em 2018 e registra a expansão da Estrada de Ferro dos Carajás pela Vale.

Essa checagem também foi feita pelo Projeto Comprova.

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook