#Verificamos: Post sobre protesto pela educação mistura imagens atuais e antigas

Reprodução

por Nathália Afonso

Circulam nas redes sociais fotos que teriam sido feitas durante a manifestação pela educação em diferentes cidades do país na última terça-feira (13). Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

Reprodução
Reprodução

“Hoje foi assim nas ruas do Brasil‼️ O Tsunami Lula Livre bombou em todos os estados e deu o seu recado a casa grande. Queremos Lula Livre, queremos mORO e Dallagnol presos, queremos Bozo Fora, uma Educação sem cortes e sem reforma de previdência”
Legenda de imagem que circula no Facebook e até as 14h do dia 14 de agosto de 2019, tinha sido compartilhada mais 2,7 mil vezes na plataforma

FALSO

A publicação analisada pela Lupa mistura imagens registradas na terça (13) com imagens mais antigas. A primeira fotografia que aparece no post foi feita em setembro do ano passado, durante um protesto contra o então candidato à presidência da República Jair Bolsonaro (aqui e aqui), em Curitiba. A segunda imagem foi registrada em 2015, na 5ª edição da Marcha das Margaridas, ato realizado desde 2000 que, de quatro em quatro anos, reúne trabalhadoras rurais em Brasília. A edição de 2019 ocorreu em 13 e 14 de agosto.

O post que circula no Facebook também mostra duas fotos da manifestação a favor da educação na última terça-feira (13). Outras duas imagens publicadas no mesmo álbum são da Marcha das Mulheres Indígenas, que também ocorreu na terça.

Essa informação também foi verificada pelo Aos Fatos.

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook