#Verificamos: É falso que policial foi esfaqueada por manifestante

(Foto: Reprodução)

por Nathália Afonso

Circula pelas redes sociais que um “manifestante” teria esfaqueado uma policial no pescoço. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

(Foto: Reprodução)

“Manifestação Vermelha só reúne viciados, vagabundos e bandidos. São vândalos, terroristas e criminosos”
Legenda que acompanha imagem que, até as 16h de 18 de junho de 2019, tinha mais de 2,1 mil compartilhamentos no Facebook

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. O caso que circula nas redes sociais não foi registrado em uma manifestação, mas sim em uma ocorrência policial no dia 12 de junho de 2019, quando Marcelo Nogueira, de 48 anos, esfaqueou uma tenente da Polícia Militar de São Paulo. O crime aconteceu em Mogi das Cruzes.

O boletim de ocorrência informa que o agressor jogava pedras contra uma empresa quando os policiais se aproximaram. Marcelo ameaçou os agentes e, na tentativa de contê-lo, a tenente Beatriz Marandola fez um disparo com uma arma de choque, que não funcionou. Ele, então, correu em direção à policial e conseguiu esfaqueá-la no pescoço. Outros agentes dispararam contra Marcelo, que morreu no local.

Segundo a família, ele tinha um tumor no cérebro e sofria com convulsões e surtos constantemente.

As imagens que circulam nas redes sociais são de um vídeo feito por uma pessoa que estava presente na hora do ocorrido.

Essa informação também foi verificada pelo Aos Fatos.

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook