Luta diária

Enquanto o governo de Nicolás Maduro impede a entrada da ajuda humanitária enviada pelos Estados Unidos, milhares de venezuelanos atravessam a fronteira todos os dias para comprar itens essenciais na Colômbia.