Luxemburgo responde provocação de Bruno Henrique, do Flamengo: 'Respeite a tradição do Vasco'

Marcello Neves

O clássico entre Flamengo e Vasco foi quente dentro e fora de campo. Isso porque, além do 4 a 4 no placar, o atacante Bruno Henrique deixou o gramado reclamando que a equipe tinha que ter "a cabeça no lugar" pois os clubes não estão "no mesmo patamar". Não tardou para o técnico Vanderlei Luxemburgo responder ao atacante rubro-negro e pediu respeito pela instituição.

- Quero dar os parabéns ao Flamengo pela forma como vem jogando, essa rivalidade existe há muitos e muitos anos. Mas alguns jogadores do Flamengo se equivocaram em dizer que o Flamengo já é campeão e os jogadores do Vasco estão brigando por nada. A história do futebol é bonita. Nunca escondi que estamos brigando por manter a dignidade. Respeite a tradição do Vasco - disse o treinador, antes de completar:

Luxemburgo também enalteceu a história do Cruzmaltino, mesmo reconhecendo o momento difícil do clube.

- Nossos jogadores tem que honrar essa história. Nós honramos a do Vasco como eles honram a do Flamengo. Esse clube está passando por dificuldade, mas quem vem lá de trás, que conhece a história desse clube. As vezes, uma declaração mal colocada causa isso. É por isso que estou no Vasco da Gama, estou satisfeito por honrar e brigar pela camisa do Vasco.

Sobre o empate, Luxemburgo se disse satisfeito com a atuação da equipe e brincou com a expectativa por um Vasco defensivo no Maracanã. O treinador explicou que a sua estratégia de explorar os zagueiros do Flamengo, o campeão brasileiro para ele, deu certo.

- O Vasco não ficou com medo do Flamengo, que é o provável campeão. Já é campeão. Quem imaginou que ficaríamos defensivos, estava enganado. Foi uma estratégia que criei com as duas linhas de quatro. Nós exploramos a velocidade no campo deles para deixar os zagueiros expostos.