Lysychansk "completamente" cercada

As forças invasoras russas intensificaram os bombardeamentos no Donbass, no leste da Ucrânia.

Os separatistas pró-russos anunciaram, este sábado, terem cercado "completamente" Lysychansk, o último reduto controlado pelo exército ucraniano na província de Luhansk. Uma notícia avançada pela agência de notícias russa TASS, que carece ainda de confirmação.

O Kremlin anunciou, também, ter utilizado armas de alta precisão das Forças Aeroespaciais russas para destruir, nas últimas horas, instalações militares ucranianas nas cidades de Bakhmut e Chasiv Yar, em Donetsk, a outra província do Donbass, e, também na cidade portuária de Mykolaiv, e nas cidades de Zaporizhzhia e Kharkiv.

Entretanto, as Forças Armadas da Ucrânia divulgaram imagens de vídeo do que dizem ser bombardeamentos das forças russas à Ilha das Serpentes, no Mar Negro, um ataque onde, dizem, os russos terão usado bombas de fósforo.

Divulgaram, ainda, imagens do que afirma ser uma explosão nos armazéns do exército russo no leste da Ucrânia, sem divulgarem no entanto mais detalhes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos