Máscaras coloridas para lutar contra o medo do coronavírus na Croácia

1 / 3
Mulher apresenta máscara do criador croata Zoran Aragovic

Inspirado pelo pânico mundial provocado pela propagação do novo coronavírus, um criador croata lançou uma máscara "colorida e alegre", um acessório que não protege contra o vírus, mas que tem se tornado popular entre os seus clientes.

"É mais uma prova que as melhores coisas nascem de forma espontânea", diz à AFP Zoran Aragovic, de 39 anos, proprietário da marca local de moda BiteMyStyle.

"Todas as manhãs, no café, discutíamos sobre o coronavírus e o esgotamento dos estoques de máscaras de proteção. Este é o único tema que nos preocupa ultimamente. E, para brincar com a situação, disse que iria fazer uma máscara colorida e alegre, semelhante às minhas criações", conta o empresário.

De fato, uma fez em seu atelier, em Zagreb, começou efetivamente a confeccionar as máscaras com tecidos estampados com motivos de pop-art ou quadrinhos, que ele utiliza em suas criações.

Não demorou muito para receber as primeiras encomendas depois que publicou nas redes sociais uma selfie com a máscara.

Zoran Aragovic enfatiza, porém, que "não se trata de uma máscara médica, mas de um acessório de moda".

"É claro que essas máscaras não protegem você de nenhuma doença, mas as pessoas se alegram e acabam por encomendá-las", disse ele.

Em duas semanas, ele vendeu algumas dúzias, a um preço de 9 euros cada.

"Esta é a melhor maneira de combater as más notícias em torno do coronavírus", acrescenta o criador.

Até o momento, nove casos do novo coronavírus foram registrados na Croácia. Em todo o mundo, mais de 94.000 pessoas foram infectadas com o vírus, que já causou mais de 3.200 mortes em 81 países e territórios.