Mãe é acusada de deixar filha deficiente morrer de fome

Uma mulher de 38 anos foi presa em Geórgia, nos Estados Unidos, sob suspeita de deixar morrer de fome a filha de 16 anos, que era deficiente mental. A adolescente foi encontrada morta pela polícia na última sexta-feira (15), pesando apenas 18 quilos.

Leia também:
Britânica mata os dois filhos e dorme ao lado dos corpos

De acordo com o “Mail Online”, Ebony Berry odiava a filha, Markea Blakely-Berry, porque ela nasceu prematura. Ainda de acordo com a publicação, a mulher tem envolvimento com um grupo "pró-fome" no Facebook e castigava a filha com frequência.

Vizinhos disseram que a menina já havia fugido de casa, sendo encontrada roubando comida em um supermercado. Ebony foi acusada e homicídio e crueldade contra crianças.
Imagem de Repordução do Mail Online mostra Markea Blakely-Berry e a mãe

Carregando...

Siga o Yahoo Notícias