Mãe de candidata a vereadora é alvo de golpe de falsos fornecedores de campanha

CAMILA MATTOSO
·1 minuto de leitura
***FOTO DE ARQUIVO****SÃO PAULO/ SP, BRASIL, 13.08.2020.  Retrato de Malu Molina, pré-candidata a vereadora em SP.   (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress).
***FOTO DE ARQUIVO****SÃO PAULO/ SP, BRASIL, 13.08.2020. Retrato de Malu Molina, pré-candidata a vereadora em SP. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress).

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Uma pessoa pegou a foto de Malu Molina (Cidadania) nas redes sociais, colocou num WhatsApp e ligou para a mãe dela, pedindo R$ 3.600 para pagar um fornecedor.

Malu é candidata a vereadora da cidade de São Paulo, e a mãe, segundo ela conta, pensou estar ajudando a filha a pagar os compromissos urgentes de campanha. Era um golpe.

A mãe da candidata só se deu conta quando os golpistas pediram uma nova remessa, dessa vez de R$ 2.700. A candidata registrou a ocorrência nesta quinta-feira (5) e quer que o tema vire assunto na segurança da capital paulistana.