Mãe e filho são resgatados dos escombros de casa que desabou no Rio

ANA LUIZA ALBUQUERQUE
RIO DE JANEIRO, RJ, 12.08.2019 - DESABAMENTO-RIO - Bombeiros resgatam vítima após desabamento de casa de três andares em Curicica, na zona oeste do Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (12). Segundo as primeiras informações das equipes de resgate, uma mulher e uma criança estão sob os escombros. A área foi isolada e bombeiros do quartel de Jacarepaguá, com apoio de militares do Grupamento de Busca e Salvamento, foram acionados para socorrer as vítimas. (Foto: Allan Carvalho/AM Press & Images/Folhapress)

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Uma casa desabou na manhã desta segunda-feira (12) em Curicica, na zona oeste do Rio de Janeiro.

Uma mulher de 21 anos, identificada como Raiane Martins, e seu filho de três anos foram resgatados dos escombros com vida. Ambos foram encaminhados para o hospital Lourenço Jorge, em Jacarepaguá.

A área foi isolada e bombeiros do quartel de Jacarepaguá, com apoio de militares do Grupamento de Busca e Salvamento, foram acionados para resgatar as vítimas.

A mulher respondeu quando os bombeiros questionaram se havia alguém sob os escombros. A residência tinha três andares e um terraço. Ainda não se sabe o motivo do desabamento.

MUZEMA

Em abril, dois prédios já haviam desmoronado na zona oeste, matando 24 pessoas. As construções, localizadas na Muzema -área controlada pela milícia-, eram irregulares.

Os grupos paramilitares têm lucrado com a exploração das construções irregulares na região. A prefeitura, sob a gestão de Crivella (PRB), diz que vai demolir outros prédios no entorno.

Após o desabamento, vinte e sete pessoas foram denunciadas à Justiça pela ocupação, loteamento, construção, venda, locação e financiamento ilegais de imóveis, além de ligações clandestinas de água e energia elétrica e corrupção de agentes públicos.