Mãe de Galvão Bueno, atriz Mildred dos Santos morre aos 93 anos

Galvão Bueno abraçado com Mildred dos Santos (Foto: Reprodução/Instagram)


Mildred dos Santos, mãe de Galvão Bueno, morreu aos 93 anos na manhã desta terça-feira. A atriz de televisão dos anos 1950 estava internada no Hospital Evangélico de Londrina, no interior do Paraná. A informação foi divulgada em primeira mão pela jornalista Patrícia Kogut, do "O Globo".

Mildred estava recebendo cuidados paliativos desde o ano passado. A atriz completaria 94 anos no dia 5 de fevereiro.

+ Palmeiras lança uniformes: veja detalhes das novas camisas 1, 2 e de goleiros do Alviverde

Em vídeo publicado nas redes sociais, Galvão Bueno informou que sua mãe partiu de forma serena e celebrou a longa vida vivida por Mildred.

- Hoje, 24 de janeiro, às 5h30, Dona Mildred, minha mãe, nos deixou 12 dias antes de completar 94 anos! Mas em absoluta serenidade, sem sofrimento, graças aos procedimentos paliativos aplicados com muito carinho na UTI do Hospital Evangélico em Londrina. Mas o que quero mesmo dizer aqui é que Mildred dos Santos teve uma linda e intensa vida. Nossa amada matriarca foi uma estrela como teleatriz na chegada da televisão nos anos 1950 - disse o locutor.

- Com seu coração generoso, voltou ao protagonismo como presidente do Projeto do Voluntariado do Paraná e também presidente da Fundação Beneficente Galvão Bueno, com milhares e milhares de atendimentos e tratamentos aos idosos carentes. Nossa 'Petita', mais que tudo, brilhou como mulher a frente do seu tempo, como esposa, mãe, avó e bisavó. Tenho certeza que Deus a receberá com muito amor e carinho e a luz dela irá brilhar sempre - completou Galvão.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

+ Renata Silveira sai em defesa de Guto Ferreira após técnico receber ofensas gordofóbicas

Sul-mato-grossense, Mildred foi atriz na década de 1950. Ela foi uma das grandes artistas dos primeiros anos da televisão brasileira. A fama de "beijoqueira" das personagens que interpretou nas telenovelas da "TV Tupi" lhe rendeu o apelido de Pequetita.

O velório acontecerá nesta quinta-feira, a partir das 10h, no Parque das Alamandas, em Londrina.