Mãe luta com puma com as próprias mãos para salvar filho de ataque

·1 minuto de leitura
Imagem de arquivo de um puma
Ataques de pumas são raros na América do Norte

Uma mulher na Califórnia, nos Estados Unidos, salvou seu filho de 5 anos de um ataque de um puma.

O menino estava brincando do lado de fora de sua casa em Calabasas, nas montanhas de Santa Mônica, a oeste de Los Angeles, quando o animal se lançou sobre ele.

A criança foi arrastada pelo gramado, mas sua mãe correu e bateu no puma com as próprias mãos até que ele largou seu filho.

O animal foi posteriormente morto a tiros pelas autoridades responsáveis ​​pela vida selvagem.

O menino sofreu ferimentos na cabeça e no torso, mas agora está em condição estável em um hospital em Los Angeles, informou a agência de notícias Associated Press.

O capitão Patrick Foy, porta-voz do departamento de vida selvagem da Califórnia, disse à AP que a mãe "salvou a vida de seu filho".

Ataques são raros

Depois de chegar ao local, um oficial de vida selvagem encontrou um puma agachado nos arbustos com as "orelhas para trás e sibilando", disse o departamento.

O oficial matou o felino, acreditando ser ele o provável culpado "por causa do seu comportamento e da proximidade com o local do ataque".

Um teste de DNA confirmou posteriormente que foi o mesmo animal que atacou a criança.

Ataques de pumas são muito raros na América do Norte. As autoridades disseram que o animal envolvido era jovem.

Os especialistas acreditam que ele ainda estava aprendendo a caçar e se defender sozinho, de acordo com a emissora CBS News.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos