Mãe de Marcela, do 'BBB20', avalia namoro da médica com Daniel: 'Se ela ama, vamos gostar'

Ricardo Rigel
1 / 3

assets_fotos_817_bianca-andrade-e-lucas-chumbo-formam-o-primeiro-paredao-do-bbb-20-4a42d97f3c4b.jpg

Marcela já perdeu mais de 600 mil seguidores nas redes

Se o “Big Brother Brasil 20’’ fosse um brinquedo de um parque de diversões, certamente a montanha-russa o representaria. Um participante pode estar nas alturas em um momento do jogo e, depois, despencar. Foi o que aconteceu com a ginecologista Marcela McGowan. No início do reality, a sister viu seus seguidores se multiplicarem nas redes sociais e foi alçada ao posto de fada sensata ao defender as mulheres da casa do plano de sedução dos homens para queimá-las. Mas de uns tempos para cá...

Os números não mentem. A loura que viu seus seguidores saltarem de 26 mil para 4 milhões na primeira semana já perdeu cerca de 600 mil deles nos últimos dias. Para uma candidata que já encabeçou a lista de favoritos a ganhar o prêmio de R$ 1,5 milhão, a queda parece um caminho sem volta. A irmã da participante, Mariane McGowan, no entanto, minimiza a queda meteórica:

— É normal ter pessoas que não gostem dela. E quem não curte, não precisa estar ali (no Instagram). A gente quer que a rede da Marcela seja um ambiente saudável e de boas energias. O que nos incomoda são os comentários que falam sobre a índole dela. Porque a gente a conhece e sabe quem minha irmã é realmente. Muito do que ela fala é distorcido nas redes.

Os comentários a que Mariane se refere vão desde críticas ao posicionamento equivocado da médica no programa, que se apresentou como defensora da bandeira feminista, ao namoro da moça com Daniel, eliminado na última terça-feira com mais de 80% dos votos num paredão triplo. Para muitos telespectadores, ao se apaixonar pelo gaúcho, ela mostrou sua verdadeira face, errando até com as amigas que considerava aliadas.

Líder de seu grupo e que se enxergava como a mais correta da casa, ela agora coleciona mesmo é um bocado de pontos de interrogação na cabeça, sem entender como o jogo está virando, principalmente desde a eliminação de Daniel. Será uma derrocada sem volta?

— Nesse primeiro momento, ela vai ficar triste, porque estava apegada ao Daniel. Mas eu espero que Marcela fique bem logo. Não vejo que ele tenha prejudicado ela. Não fizeram nada de errado. Daniel é um menino novo, meio atrapalhado, mas não é uma pessoa ruim. Precisamos conhecê-lo pessoalmente — avalia a irmã.

Para a mãe da médica, a professora de piano Josiane Lins, o futuro do namoro da filha depende dela:

— Se ela ama, vamos gostar dele também.