Mãe de Paulo Gustavo fala em saudade do filho, que está internado com Covid-19

Extra
·2 minuto de leitura

Com Paulo Gustavo com a hemorragia controlada, durante o tratamento contra as complicações da Covid-19, Dona Déa Lúcia Amaral, mãe do humorista, falou sobre a saudade do filho.

Leia mais:

"Meu filho, a saudade é muito grande. Estamos te esperando. Deus está contigo", escreveu a matriarca no Instagram, ao publicar uma foto dos dois lado a lado.

Internado desde o dia 13 de março, Paulo Gustavo permanece em estado grave, mas em novo comunicado os médicos comemoraram por terem controlado uma hemorragia, o que deu uma confiança aos profissionais. No início de abril, o niteroiense passou por pleuroscopia e está fazendo uso de um ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea), uma espécia de "pulmão artificial' adotada para permitir uma melhor recuperação da função pulmonar.

"Estamos cansados? Um pouco... mas com muita fé na recuperação e na comemoração dessa vitória! Desde quando dias difíceis vieram, minha fé se fortaleceu e minha força se refez! Nossa Senhora de Fátima veio trazer boas energias e bençãos ao seu filho Paulo, a mim e às equipes de cuidados. São Padre Pio, Padre Guido, Santa Dulce dos Pobres.... estamos todos unidos pela recuperação desse guerreiro que é Paulo Gustavo", escreveu Thales Bretas, marido do ator, em um post também no Instagram.

Quem também se pronunciou após a publicação do boletim médico foi Juliana Amaral, irmã do astro de "Minha mãe é uma peça". No texto, a produtora mandou uma mensagem para o familiar.

"Tatau, o caminho e o tempo, é Deus! Confie, reze, tenha força e fé! Aguenta firme que já, já você estará em casa com seus filhos e família. Te amo, irmão", escreveu Juliana Amaral, irmã de Paulo Gustavo, completando com o trecho de uma reza: "Ó, Maria, concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós. Amém".

Veja o boletim médico atualizado:

"As complicações pulmonares demandaram várias intervenções como broncoscopias e alguns procedimentos cirúrgicos. Hoje, a equipe médica esclarece que: “Finalmente conseguimos sanar as fístulas bronco-pleurais identificadas.

Nas últimas 48 horas também observamos a normalização da coagulação com o tratamento instituído e não mais detectamos sinais de hemorragias.

A situação clínica do paciente, embora ainda crítica, traz à equipe profissional mais confiança em sua recuperação. Estamos cientes de que ainda temos um caminho pela frente.

A dedicação e a experiência dos médicos e demais profissionais do hospital tem proporcionado o melhor tratamento ao paciente, seguindo o que há de mais atual conforme os principais centros hospitalares internacionais. O paciente permanece utilizando ventilação mecânica e ECMO.”

A família do ator agradece muito todo o carinho e orações e pede que continuem a enviar boas energias para a recuperação de todos os que se encontram na luta contra o vírus"