Médico que cuidou de pacientes infectados, na Bahia, recebe diagnóstico de coronavírus

JOÃO VALADARES

SALVDOR, BA (FOLHAPRESS) - O 17º caso de infecção pelo coronavírus confirmado na Bahia, nesta terça-feira (17), é de um médico que trabalha em uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Salvador.

O médico tratou dos primeiros pacientes contaminados no estado. Segundo informações da Sesab (Secretaria de Saúde do Estado da Bahia), ele está em isolamento domiciliar e apresenta um quadro de boa evolução.

O caso envolvendo o profissional da saúde ligou o alerta para a necessidade de utilização de todos os equipamentos de proteção necessários para evitar a contaminação.

"Precisamos reforçar o chamamento à atenção ao uso de equipamentos de proteção individual das equipes de saúde nas emergências", afirmou o secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, nas redes sociais.