Médicos interrompem massacre e decretam derrota de Edson Barboza no UFC

Médicos interrompem massacre e decretam derrota de Edson Barboza no UFC

A luta principal do UFC Atlantic City, evento realizado neste sábado (21), garantia pressão extra para Edson Barboza, escalado para enfrentar o wrestler Kevin Lee. Vindo de derrota para Khabib Nurmagomedov, o brasileiro precisava vencer para se manter próximo do topo do ranking e, desta forma, ficar perto do cinturão dos pesos-leves (70 kg). No entanto, a exemplo do que aconteceu em sua última apresentação, o carioca não viu a cor da bola e foi dominado pelo rival.

Dono de um jogo de quedas poderoso, Lee encurtou a distância desde o início do combate e não deu chances ao brasileiro. Precisas quedas seguidas de passagens de guarda, montadas e contundência no ground and pound transformaram a disputa em um verdadeiro monólogo na atração principal da noite.

Resistente, Barboza se limitou a repor aguarda diversas vezes e a suportar o castigo imposto pelo rival, que manteve o roteiro inabalável até o meio terceiro round, quando um chute rodado acertou em cheio sua cabeça e por pouco não garantiu uma das maiores viradas da história do esporte. No entanto, Kevin Lee cambaleou e não sucumbiu ao golpe, rapidamente voltando a derrubar e ‘amassar’ o brasileiro próximo a grade.

No quinto e último round, depois de um verdadeiro passeio do americano, a vitória de Kevin Lee foi anunciada pelos médicos, que interromperam o castigo imposto ao atleta então número cinco do ranking oficial dos leves UFC.

“Eu posso trocar com qualquer um. Edson é o melhor trocador dessa divisão e eu lutei com ele. Posso sair de qualquer adversidade. Vocês sabem o que vem agora. É hora do Khabib [Nurmegomedov]”, pediu o wrestler.

Com o resultado, os três representantes brasileiros deixaram o octógono derrotados. Antes dele, Thiago ‘Marreta’ e Luan Chagas acabaram nocauteados por David Branch e Siyar Bahadurzada, respectivamente.

Acompanhe os resultados do card preliminar do UFC Atlantic City:

Kevin Lee venceu Edson Barboza por nocaute técnico no 5º round;
Frankie Edgar venceu Cub Swanson por decisão unânime;
Justin Willis venceu Chase Sherman por decisão unânime;
David Branch nocauteou Thiago ‘Marreta’ Santos no 1º round;
Aljamain Sterling venceu Brett Johns por decisão unânime;
Dan Hooker nocauteou Jim Miller no 1º assalto;
Ryan LaFlare venceu Alex Garcia por decisão unânime;
Ricky Simon venceu Merab Dvalishvili por nocaute técnico;
Siyar Bahadurzada nocauteou Luan Chagas no 2º round;
Corey Anderson vs. Patrick Cummins por decisão unânime;
Tony Martin vence Keita Nakamura por decisão unânime.