Mélenchon admite que resultado não era o que esperava

Paris, 23 abr (EFE).- O candidato de extrema esquerda Jean-Luc Mélenchon, reconheceu neste domingo que "os resultados anunciados" até agora não eram os esperados, mas pediu para que os eleitores aguardem para conhecer a declaração final do Ministério do Interior "por volta da meia-noite".

Em declaração perante seus apoiadores, apontou que, com relação ao segundo turno das eleições presidenciais, que acontecerão em 7 de maio, ele consultará sua militância sobre quem apoiar. EFE