México afirma que está comprometido com a luta antidrogas após ameaça de Trump

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o presidente mexicano, Andres Manuel Lopez Obrador, em entrevista coletiva no Rose Garden da Casa Branca em 8 de julho de 2020, em Washington, DC
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O governo do México informou neste domingo(20) que está comprometido com a luta contra o tráfico de drogas depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou com sanções caso o país não aumentasse seus esforços nesse sentido. 

“O atual governo mantém seu compromisso de combater o narcotráfico e a violência associada a este fenômeno com todos os recursos legais disponíveis”, afirmou em nota. 

A chancelaria informou também que o governo tem enfrentado o problema por meio de programas sociais e “ações para desestabilizar a rede de produção, tráfico e comercialização de drogas”. 

O Executivo de Andrés Manuel López Obrador também destacou as apreensões de drogas e o bloqueio de contas bancárias vinculadas ao poderoso Cartel Jalisco Nueva Generación. 

Também afirmou que membros mexicanos e americanos de um grupo de alto nível se reuniram em várias ocasiões para tratar do problema. 

“A responsabilidade compartilhada é um dos pilares fundamentais da cooperação com os Estados Unidos”, afirmou. 

A resposta vem dias depois que Trump indicou em um memorando publicado pela Casa Branca que, a menos que o governo mexicano demonstre progresso na luta contra as drogas, “correrá um sério risco de que se conclua que não cumpriu comprovadamente seus compromissos com o controle de drogas ".

yug/dg/jc

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos