México aplica primeira vacina contra a Covid-19 em uma enfermeira

·1 minuto de leitura

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O México aplicou nesta quinta-feira a primeira vacina contra a Covid-19 em uma enfermeira de 59 anos, no início de um plano segundo o qual o governo disse que espera imunizar toda a população de 130 milhões de habitantes.

O país recebeu na quarta-feira o primeiro embarque com 3 mil doses da vacina da norte-americana Pfizer de um pedido total de 34,4 milhões feito à farmacêutica que chegarão de forma escalonada.

"Estou um pouco nervosa mas muito feliz, é o melhor presente que poderia receber em 2020", disse María Irene Ramírez pouco antes de ser vacinada.

"Isso me dá forças agora para seguir com mais segurança na frente dessa guerra invisível", completou a chefe de enfermagem da unidade de terapia intensiva de um hospital da capital.

O México ocupa o quarto lugar no mundo entre os países com mais mortes pelo coronavírus, com 120.311, e 1.350.079 infectados.

"Hoje muda definitivamente a perspectiva, hoje temos a esperança de que com a vacina...começaremos a combater de maneira muito mais efetiva esse inimigo terrível da humanidade", disse na quinta-feira o subsecretário de Saúde, Hugo López-Gatell, no ato inicial da vacinação.

(Reportagem de Raúl Cortés e Ana Isabel Martínez)